Author Topic: Os Portugueses Levaram Aristóteles à China  (Read 77 times)

Offline Vetus Ordo

  • St. Joseph's Workbench
  • Feldwebel
  • ***
  • Posts: 2336
  • Thanked: 1830 times
  • Religion: The Way
Os Portugueses Levaram Aristóteles à China
« on: September 11, 2019, 05:38:40 PM »
Os Portugueses Levaram Aristóteles à China



Em colaboração com o letrado chinês Li Zhizao (1565-1630), Francisco Furtado (1587-1653), missionário Português conhecido na China por Fu Fanji, traduziu duas relevantes obras da filosofia ocidental vertidas do latim para para o idioma chinês: o tratado cosmológico "Sobre o céu" (De caelo), de Aristóteles, e uma tradução parcial das "Categorias" (Categoriae), também do Estagirita. A primeira obra, uma tratado de cosmologia, fora já objecto de aturado trabalho de Francisco Furtado quando, ainda em Coimbra, a publicara em oito volumes.

Furtado chegara a Macau em 1620, trazendo consigo uma biblioteca de 7000 obras, importante doação do Papa ao último Imperador da dinastia Ming. Impressionados com tamanho manancial, os letrados chineses disponibilizaram-se de imediato para ensinar ao missionário português a sua língua para, assim, lhe requererem preciosa ajuda na tradução de algumas das obras constantes na biblioteca. Furtado mostrou-se um bom estudante e, para espanto de todos, ganhou tal proficiência no domínio do mandarim que de imediato se lançou com o seu amigo mandarim na espinhosa empreitada de oferecer à leitura dos chineses os dois importantes tratados de Aristóteles.

O manuscrito encontra-se hoje na Biblioteca Nacional da República da China, na Formosa (Taiwan), retirado da China continental por ocasião da transferência do governo de Chiang Kai-Shek para Taipé, na conclusão da guerra civil chinesa.
DISPOSE OUR DAYS IN THY PEACE, AND COMMAND US TO BE DELIVERED FROM ETERNAL DAMNATION, AND TO BE NUMBERED IN THE FLOCK OF THINE ELECT.
 
The following users thanked this post: Fleur-de-Lys